[EVENTO] I Encontro Fluminense de Mulheres em Biomatemática

Nos dias 15, 16 e 17 de agosto no Rio de Janeiro vai acontecer o 1º Encontro Fluminense de Mulheres em Biomatemática! O encontro propõe o debate sobre a desigualdade de gênero nas ciências, em particular na matemática, e divulga o trabalho realizado por pesquisadoras fluminenses em biomatemática.

A biomatemática é uma área interdisciplinar, onde a matemática é aplicada a problemas oriundos da biologia, da medicina e das ciências humanas, através do ferramental da modelagem matemática, computacional e estatística, entre outros conteúdos. 

Sobre o Evento:

O evento pretende divulgar a importância do trabalho em Biomatemática para o desenvolvimento de nosso Estado e divulgar os resultados das pesquisas em Biomatemática realizadas por pesquisadoras fluminenses junto à comunidade científica e grande público. Promovendo o fortalecimento dos grupos de pesquisa do Rio de Janeiro em Biomatemática e incentivando a participação feminina junto a esses grupos.

Como foi discutido na divulgação do evento I Congresso de Mulheres na Ciência apesar do aumento do número de mulheres na ciência ainda existe uma variação muito grande entre as áreas de atuação. Por exemplo, nos campos de Ciência da Computação, Energia, Engenharia, Matemática e Física e Astronomia, a maioria dos países e regiões  tem menos de 25% das mulheres entre os pesquisadores. 

Leia mais sobre Mulheres na Ciência: I Congresso de Mulheres na Ciência da UFMG

Dentre as palestras e mesa-rendondas que vão ocorrer no evento gostaria de dar destaque a palestra da pesquisadora Carolina Bhering de Araújo (IMPA), cujo tema é “A matemática brasileira sob a perspectiva de gênero”, onde será discutida algumas estatísticas que dão um panorama da matemática brasileira sob a perspectiva de gênero. A palestra “Mulheres nas exatas: forças invisíveis que influenciam a representatividade feminina”, das pesquisadoras Fátima Cristina Smith Erthal (UFRJ) e Karin da Costa Calaza (UFF), que vão discutir as possíveis razões que explicam essa distribuição enviesada das mulheres nas ciências exatas, com base em dados da área da neurociência sobre o funcionamento do cérebro. E a mesa-redonda “Mulheres na Ciência”, dentre outras palestras sobre utilização de modelagem matemática nas ciências. Você pode conferir a programação completa aqui!

Leia mais sobre Mulheres na Ciência: Ada Lovelace: conheça a 1° programadora da história!

Inscrição e Local:

A inscrição é gratuita para estudantes de todos os níveis e apenas 20,00 reais para pesquisadores e outros profissionais! Para se inscrever é só preencher o formulário disponível no site

Horário: o evento dura o dia todo com palestras, mesas-redondas e apresentações de trabalhos  que vão das 9 horas da manhã até as 20 horas da noite. Para saber o horário especifico de cada palestra, por favor, visitar o site do evento. 

ATENÇÃO O EVENTO SERÁ REALIZADO EM DOIS LUGARES

Nos dias 15 e 17 de agosto, no 5º andar do bloco E, no Auditório 5 do CEFET/RJ, localizado na Av. Maracanã, 229, Maracanã – Rio de Janeiro/RJ

E no dia 16 de agosto, no Salão Muniz Aragão, do Campus da UFRJ na Av. Pasteur, 250, 2º andar — Urca, Rio de Janeiro/RJ.


As informações sobre o evento foram retiradas do próprio site do evento. 

ELSEVIER. Gender in the Global Research Landscape. [s.l: s.n.]. Disponível em: <https://www.elsevier.com/__data/assets/pdf_file/0008/265661/ElsevierGenderReport_final_for-web.pdf>. Acesso em: 2 jul. 2018.

Deixe seu comentário