OUTUBRO ROSA: 6 fatos que você precisa saber sobre câncer de mama

Outubro Rosa é o movimento criado para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Essa neoplasia é mais comum entre as mulheres, e é responsável por cerca de 20% de todos os tipos de câncer no mundo.

Fato n° 1

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres.

Fato n° 2

Apesar de ser raro, apenas 1% dos casos, homens também podem ter câncer de mama.

Fato n° 3

A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres. E quanto mais cedo detectado, maiores as chances de tratamento e cura.

Fato n° 4

Amamentar ajuda a prevenir o câncer de mama! A prática da lactação é apontada pelo World Cancer Research Fund (WCRF) e American Institute for Cancer Research (AICR) como fator protetor convincente para a neoplasia maligna de mama, tanto em mulheres na pré-menopausa quanto na pós-menopausa. Porém, ainda não há consenso sobre o tempo de amamentação que exerce esta proteção contra o câncer de mama.

Fato n° 5

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são: Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; Alterações no bico do peito (mamilo); Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço; Saída espontânea de líquido dos mamilos.

Fato n° 6

O câncer de mama de caráter genético/hereditário corresponde a apenas 5% a 10% do total de casos da doença.

Comece a se prevenir desde já. Faça o autoexame.


Referências

Parkin DM, Bray F, Ferlay J, Pisani P. Global cancer statistics, 2002. CA Cancer J Clin. 2005;55(2):74-108.

Rea MF. Os benefícios da amamentação para a saúde da mulher. J Pediatr (Rio J). 2004;80(5 Supl):S142-S146.

INUMARU, Lívia Emi; SILVEIRA, Érika Aparecida da; NAVES, Maria Margareth Veloso. Fatores de risco e de proteção para câncer de mama: uma revisão sistemática. Cad. Saúde Pública,  Rio de Janeiro ,  v. 27, n. 7, p. 1259-1270,  July  2011 .   

Outubro Rosa. Disponível em: <http://www.inca.gov.br/outubro-rosa>. Acesso em: 20 out. 2017.

Você também poderá gostar:

comentários

About Luiza Toledo

Formada em Ciência Biológicas: Microbiologia e Imunologia pela UFRJ (2016), atualmente faz mestrado na FIOCRUZ em Saúde Publica e Meio Ambiente, na área de gestão e saneamento ambiental.

View all posts by Luiza Toledo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *