Prêmio Nobel

O Prêmio Nobel é “um prêmio para aqueles que, durante os anos anteriores, conferiram os maiores benefícios à humanidade[1], segundo seu criador Alfred Nobel.

Esses dizeres estavam gravados em seu testamento, redigido um ano antes de seu falecimento, onde Alfred Nobel, cientista e inventor, direcionava todos seus bens para a criação de uma instituição com o objetivo de administrar os fundos do prêmio, a Fundação Nobel. Ainda em seu testamento, determinava que os prêmios fossem divididos em cinco partes iguais de áreas específicas e, além disso, dizia quais instituições seriam as responsáveis por eleger e premiar os laureados.[1]

Testamento original de Alfred Nobel. Fonte: NobelPrize.org

Hoje em dia sabemos que as categorias do Prêmio Nobel são um reflexo da vida de Alfred Nobel. O inventor sueco tinha grande interesse na literatura Inglesa e em poesia, sendo fluente em cinco idiomas diferentes aos 17 anos. Para abrir seus horizontes, seu pai o enviou para um treinamento em engenharia química em diferentes países. Por conta dessa viagem e do conhecimento adquirido, veio a inventar mais tarde a dinamite. Em sua vida adulta, Nobel era engajado em questões sociais e pacifistas, tendo pontos de vistas considerados radicais para sua era.

Somente cinco anos após sua morte, em 1901, que o primeiro Prêmio Nobel pode ser celebrado. A partir de então, anualmente, uma pessoa ou grupo de pessoas são escolhidos para serem premiados dentre as cinco categorias originais:

  1. Nobel de Física, decidido pela Academia Real das Ciências da Suécia, para aquele “que fez a mais importante descoberta ou invenção no campo de física”;
  2. Nobel de Química, decidido também pela Academia Real das Ciências da Suécia, para aquele “que fez a mais importante descoberta química ou algum melhoramento”;
  3. Nobel da Fisiologia ou Medicina, decidido pelo Instituto Karolinska de Medicina, para aquele “que fez a mais importante descoberta dentro da área”;
  4. Nobel da Literatura, concedido pela Academia Sueca, para aquele “que tenha produzido um trabalho excepcional em uma direção de ideal”.
  5. Nobel da Paz, concedido por um comitê designado pelo parlamento norueguês, para aquele “que deve ter feito o melhor trabalho para a fraternidade entre as nações, para a abolição ou redução de exércitos permanentes e para a realização e promoção de congressos de paz[1].

Como funciona as indicações?

Cada instituição responsável por conceder o prêmio Nobel elege seis membros, considerados experts no assunto, para formar o Comitê Nobel de cada prêmio específico. Os membros ficam por um período de três anos no comitê. Cada comitê é responsável pela seleção dos candidatos de seus prêmios.

Modificado de nobelprize.org

Em setembro, formulários confidenciais são enviados para professores de diferentes universidades ao redor do mundo, ganhadores de Prêmios Nobel anteriores, membros das instituições e organizações qualificadas para que elas nomeiem candidatos. Cada Comitê Nobel seleciona os candidatos preliminares, dentre os nomeados pelos formulários. E, após várias reuniões e votações, em outubro do ano seguinte é escolhido o ganhador através de voto majoritário. E, então, os nomes dos laureados são divulgados.[2]

 

Premiação

Atualmente, a cerimônia de premiação do Prêmio Nobel acontece em 10 de dezembro, dia do falecimento de Alfred.

Os prêmios incluem uma medalha de ouro com o rosto e o nome de Alfred Nobel gravados nela, um diploma com a citação da condecoração e uma quantia em dinheiro que varia de acordo com o rendimento anual da Fundação Nobel.[3] Além da honra de ser considerado a pessoa ou o grupo de pessoas que conferiram os maiores benefícios à humanidade, o propósito do prêmio em dinheiro é garantir a continuidade das pesquisas e trabalhos sem a pressão da crise financeira. O valor para cada Prêmio Nobel do ano de 2017 foi de 9 milhões de coroas suecas, algo entre R$ 3 milhões e meio.[4]

Em troca, os laureados deverão conceder uma palestra nos dias subsequentes à cerimônia para expor seus trabalhos e pesquisa para a sociedade[5], sendo o único requerimento.

 

Curiosidades

  • A maneira correta de se pronunciar é /Nobél/, assim como papel e chapéu, no português. Na Suécia, a pronúncia é a mesma.[6]

    Marie Curie e seu marido, Pierre Curie. Fonte: http://samandrew.com/marie-curie/
  • Alfred Nobel detinha cerca de 355 patentes até o ano de sua morte, sendo entre elas a dinamite, borracha e couro sintéticos.[7]
  • Entre 1901 e 2016 tiveram 911 ganhadores do Prêmio Nobel.
  • O Prêmio Nobel não foi concedido 49 vezes. A sua maioria durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).
  • A ganhadora mais nova, Malala Yousafzai, conquistou o Nobel da Paz em 2014 com 17 anos.
  • 49 mulheres ganharam o Prêmio Nobel.
  • 4 laureados foram forçados pelas autoridades a recusar o Nobel.
  • 5 casais ganharam o Nobel, entre eles Marie Curie e Pierre Curie.[8]

Referência:

[1] NobelPrize.org. Testamento de Alfred Nobel.

[2] NobelPrize.org. Nomeações.

[3] Wikipédia. Prêmio Nobel.

[4] NobelPrize.org. Prêmio em dinheiro.

[5] NobelPrize.org. Palestras.

[6] Superinteressante. Como se pronuncia o nome do Prêmio Nobel.

[7] NobelPrize.org. Alfred Nobel – Vida e trabalho

[8] NobelPrize.org. Fatos sobre o Prêmio Nobel.

 

Você também poderá gostar:

comentários

Sidcley Lyra

Formado em Ciências Biológicas: Microbiologia e Imunologia pela UFRJ no ano de 2017. Tenho experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Microbiologia Ambiental. Além dos estudos que resultou no TCC, participei de alguns projetos de popularização da ciência, como o Cineclube Biofilme e o Ciência em Jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: