5 filmes que abordam doenças no Netflix

Que o netflix é um ótimo lugar para assistir filmes e séries, isso todo mundo ta cansado de saber, mas o legal é que a plataforma tem vários títulos que podem ser discutidos na área da ciência. Aqui separamos 5 filmes que abordam doenças de uma forma menos engessada, aguçando a curiosidade do telespectador para que ele se sinta motivado a buscar mais informações sobre o assunto e procurar entender um pouco mais cada doença, se mantendo de certa forma minimamente informado.

1. Para Sempre Alice

para sempre aliceDoença abordada: Mal de Alzheimer.

Sinopse: A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguística. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.

Dica: Nesse filme é interessante observar a progressão da doença na protagonista e como coisas simples podem se tornar grandes obstáculos. O filme é muito bom, porém muito triste, pois mostra que por conta da doença ela vai perdendo o que mais valoriza: o conhecimento.

 

2. O mínimo para viver

Doença abordada: Anorexia Nervosa

Sinopse: Uma jovem (Lily Collins) está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico (Keanu Reeves) não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar.

Dica: veja nosso post falando sobre este filme, aqui!

 

 

3. Cisne Negro

Doença abordada: Esquizofrenia

Sinopse: Beth MacIntyre (Winona Ryder), a primeira bailarina de uma companhia, está prestes a se aposentar. O posto fica com Nina (Natalie Portman), mas ela possui sérios problemas pessoais, especialmente com sua mãe (Barbara Hershey). Pressionada por Thomas Leroy (Vincent Cassel), um exigente diretor artístico, ela passa a enxergar uma concorrência desleal vindo de suas colegas, em especial Lilly (Mila Kunis). Em meio a tudo isso, busca a perfeição nos ensaios para o maior desafio de sua carreira: interpretar a Rainha Cisne em uma adaptação de “O Lago dos Cisnes”.

Dica: Neste filme em nenhum momento é dito especificamente que se trata de esquizofrenia, mas as ações da personagem principal deixa a dica de que se trata dessa doença.

 

4. Amor e outras drogas

Doença abordada: Mal de Parkinson

Sinopse: Jamie Randall (Jake Gyllenhaal) é um garanhão incorrigível, do tipo que perde a conta do número de mulheres com quem já transou. Após ser demitido do cargo de vendedor em uma loja de eletrodomésticos por ter seduzido uma das funcionárias, ele passa a trabalhar num grande laboratório da indústria farmacêutica. Como representante comercial, sua função é abordar médicos e convencê-los a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Em uma dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), uma jovem de 26 anos que sofre de mal de Parkinson. Inicialmente, Jamie fica atraído pela beleza física e por ter sido dispensado por ela, mas aos poucos descobre que existe algo mais forte. Maggie, por sua vez, também sente o mesmo, mas não quer levar o caso adiante por causa de sua doença.

Dica: É uma comédia romântica e por isso vemos neste filme, algumas dificuldades que pessoas com essa doença enfrentam, e também o sentimento das pessoas a volta que querem ajudar de alguma forma.

 

5. Clube de compras Dallas

Doença abordada: AIDS

Sinopse: Em 1986, o eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) é diagnosticado com AIDS e logo começa uma batalha contra a indústria farmacêutica. Procurando tratamentos alternativos, ele passa a contrabandear drogas ilegais do México…

 

 

 

 

 


Todas as sinopses foram retiradas do site ADORO CINEMA

Você também poderá gostar:

comentários

About Luiza Toledo

Formada em Ciência Biológicas: Microbiologia e Imunologia pela UFRJ (2016), atualmente faz mestrado na FIOCRUZ em Saúde Publica e Meio Ambiente, na área de gestão e saneamento ambiental.

View all posts by Luiza Toledo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *